FANDOM


Reino de Serpa e Belmonte
Serpa e Belmonte
Bandeira do Reino de Serpa e Belmonte
Lema Nacional:
Et numquam sine omnium facultatum
Em Português: Nunca desistimos sem usar todas as possibilidades
Nome em suas demais línguas

Kingdom of Serpa (inglês)

Língua OficialPortuguês, Serpanico (variante do Aragonês)
Gentílico Serpano, Serpania
Capital Leóne
Maior cidade Corsóla
Governo Monarquia Constitucional
Rei Calisto IV
Chanceler Pedro Vasconcelos Goulart
Fundador André Moniz Vieira
Formação 2005 D.c.
Reconhecimento 2009 D.c.
Entrada na
Country Fiction
21 de Março de 2013
Moeda Mesetta (MST)

Serpa, oficialmente Reino de Serpa e Belmonte ou simplesmente Reino de Serpa é uma Micronação Lusófona fundada por André Moniz Vieira em 2005.

O Reino de Serpa é uma Monarquia Constitucional constituida actualmente pelo rei Calisto IV e pelo chanceler-mor Pedro Vasconcelos Goulart que se mantem no cargo desde 2009 quando Serpa foi reconhecida como uma micronação.

O território de Serpa localiza-se próximo da fronteira entre Espanha e França ocupando assim uma área de 30.200 km². Sua capital, Leóne é alvo de muitas ameaças vizinhas de Catalunha e Aragão tendo sido atacada 3 vezes desde a sua formação em 2005, todas elas sem sucesso devido á grande capacidade militar das Forças Armadas Serpanicas e da Segurança Real de Serpa.

Actualmente, Serpa encontra-se em guerra politica e futuramente guerra militar contra os Estados Independentes da Ibérica devido ao desacordo que houve entre as duas nações no Tratado B.D.P.I. onde claramente explicava que todas as regiões da Peninsula Ibérica sejam elas independentes ou não, devem seguir uma ideologia política Républicana ou uma Monarquia Constitucional Controlada onde o rei deve apenas permancer na sociedade como uma figura pública não tendo nenhum contacto com o governo.

Serpa entrou para a Country Fiction a 21 de Março de 2013 tendo assim tambem entrado para grande aliança de Micronações Lusófonas do Brasil e de Portugal .

HistóriaEdit

Antes da sua fundação de facto em 2005, Serpa e Belmonte eram duas regiões autónomas espanholas  formadas ambas no mesmo ano de 1230 oferecidas a Pietro de Bourgoñe e Jorminez de Cataluña pelo rei Jaime I de Aragão como forma de agradecimento pelos serviços prestados a Aragão na conquista das Ilhas Baleares . Após sua formação Serpa e Belmonte sempre permaneceram vassalizados por Aragão até o ano de 1516 quando Aragão se uniu com Castela deixando assim Serpa e Belmonte independentes de qualquer outro grande Reino.

Tudo mudou na história destas duas regiões quando a rainha Joana III de Navarra ordenou um ataque a Belmonte no ano 1548 que debelitou bastante a estrutura da região, até que Serpa ajudou na Batalha de Venosóvia contra 4.000 soldados de Navarra saindo vitoriosas as duas regiões. A 1572 quando Navarra deixou de ser um inimigo preocupante tendo sido conquistada pela coroa Francesa, Serpa juntou-se a Belmonte formando assim o Condado Independente de Serpa e Belmonte.

Entre o séc. XVII e o séc. XIX várias batalhas foram travadas pelas Forças Armadas Serpanicas incluindo a Grande Batalha de Corsóla onde 3.500 soldados Serpanos derrotaram a grande infantaria de Galiza que na altura era constituida por 6.900 soldados.

Factos como estes levaram Serpa e Belmonte e um nível superior tornando-se assim como Reinado de Serpa e Belmonte no ano de 1701 que tambem foi o inicio da Dinastia Berenguária por Carlos I de Serpa, primeiro Rei de Serpa e Belmonte.

Com a entrada da revolução industrial, André Moniz Vieira fondou o Reino de Serpa e Belmonte em 2005 implementando uma Monarquia Constitucional preservando assim os metodos tradicionais da Realeza Serpanica e os metodos de uma nação moderna.

Serpa entrou para a Country Fiction a 21 de Março de 2013 com o objectivo de aliar-se a outras Micronações e mostrar a cultura Serpanica pelo mundo.

GeografiaEdit

Areaserpa

Território de Serpa e Belmonte a vermelho.

O território de Serpa localiza-se próximo da fronteira entre Espanha e França mais concretamente entre Andorra e Pamplona espandindo-se tambem sudoestemente até Zaragoza ocupando assim uma área de 30.200 km² quase equivalente à área de Catalunha . O território conta com uma vasta área montanhosa entra a fronteira dos dois países e pequena parte de planicies junto á fronteira com Aragão.

Serpa tem um clima mediterrânico e clima temperado com altas temperaturas no Verão e invernos húmidos. As zonas montanhosas próximas ao Pirenéus apresentam Invernos com temperaturas abaixo de zero e neve abundante e Verões menos quentes do que no resto da região.

Política e AdministraçãoEdit

O governo de Serpa e Belmonte é uma Monarquia Constitucional constituido por um paralamento, um chanceler-mor e uma família real. O rei pouco poder tem sobre a economia e administração do Reino mas por sua vez é rei-general das Forças Armadas Serpanicas e da Guarda Real de Serpa e tambem rei-general dos assuntos diplomáticos.

ProvínciasEdit

Serpa está dividida administrativamente em cinco províncias:

LínguaEdit

Actualmente a língua oficial de Serpa e Belmonte é o português devido á influência que Marcos Medeiros teve no séc. XV quando se tornou vice-conde de Belmonte, sua língua espalhou-se por todo Reino tornando-se então a língua oficial.

Por ventura, pessoas alojadas mais no interior de Serpa mais concretamente na Província de Belmonte e Província Constantina falam suavemente serpanico uma língua românica, variante do aragonês que actualmente é falada por mais de 500.000 pessoas em toda Serpa e arredores.

Veja tambémEdit